2018.01.16 | 07:31:42

Autor Tópico: iQOS and HeatSticks - the full picture / Vaping.com - Your One Stop Vapor Shop | vaping.com  (Lida 63 vezes)

Jkgato

  • Moderador
  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1158
  • Vapor: 14



pedro45

  • Vaper Assumido
  • ****
  • Mensagens: 327
  • Vapor: 7
Obrigado pela partilha - Por cá cigarros tradicionais, "cigarros eletrónicos", tabaco aquecido é tudo a mesma coisa, mas o que incomoda as cabecinhas pensantes (espero não ofender ninguém) é ser proibido o pessoal cultivar cannabis no quintal (porque não papoilas e cocas?) - Nada tenho contra a utilização de cannabis para fins medicinais, nem nada tenho contra quem a usa para fins recreativos, mas não seria mais útil defender os denominados cigarros eletrónicos, que ao que se sabe são no mínimo menos 95% nefastos do que o tabaco ?

joaopss

  • Vaper
  • ***
  • Mensagens: 202
  • Vapor: 0
Obrigado eu também pela partilha deste artigo.


Obrigado pela partilha - Por cá cigarros tradicionais, "cigarros eletrónicos", tabaco aquecido é tudo a mesma coisa, mas o que incomoda as cabecinhas pensantes (espero não ofender ninguém) é ser proibido o pessoal cultivar cannabis no quintal (porque não papoilas e cocas?) - Nada tenho contra a utilização de cannabis para fins medicinais, nem nada tenho contra quem a usa para fins recreativos, mas não seria mais útil defender os denominados cigarros eletrónicos, que ao que se sabe são no mínimo menos 95% nefastos do que o tabaco ?

A verdade é que, a meu ver, a canábis já devia ter sido descrimilizada para usos medicinais à muitos anos atrás. Há realmente provas de que certos medicamentos seriam mais eficazes em algumas doenças incluindo a THC e outros elementos encontrados na canábis. Ou erva vaporizada por exemplo, estou a falar nisto pois não sei qual seria a melhor opção, se assim ou se em comprimidos misturados com outras substâncias, neste caso as mais indicadas para certas doenças e feitas em laboratórios especializados para esse mesmo efeito.

Sobre os nossos queridos cigarros eletrônicos, a verdade é que parece que começa a fazer um bocado de comichão ao estado a existência dos nossos produtos, começando pelo aumento do preço da nicotina que é um absurdo. 5€ por um frasco de 10ml de nicotina de 20%/100...
O estado em vez de dizer do tipo, cigarros eletrônicos é uma alternativa para deixar de fumar e vamos como incentivo baixar o valor dos impostos excessivos sobre estes produtos para não irmos gastar em tratamentos pagos, não, aumentam ainda mais.
Sinceramente fico na dúvida se eles querem mesmo que as pessoas deixem de fumar ou se querem que cada vez fumem mais.
Peço desculpa por ter fugido um pouco à opinião do teu comentário. Mas sim, resumindo, na parte de que tem que acabar a equivalência de produtos que não têm nada haver, concordo plenamente contigo.
« Última modificação: 2018.01.13 | 02:09:43 por joaopss »