2019.05.26 | 02:58:48

Autor Tópico: A Billion Lives – What Are Public Health Officials Afraid Of ?  (Lida 782 vezes)

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 509
  • Vapor: 13
  • Tenho saudades é do alcatrão.
A Billion Lives – What Are Public Health Officials Afraid Of ?

Um documentário espectacular de Aaron Robert que analisa a história do tabaco e da corrupção que levou à situação actual em que o comércio do tabaco continua protegido e alternativas menos nefastas são proibidas ou altamente restringidas. O título tem origem na previsão da OMS de que neste século está previsto um bilião de pessoas morrem em consequência do tabaco.

Isto e muito mais.

http://jester-midnightmusings.blogspot.pt/2016/10/a-billion-lives-what-are-public-health.html

O meu comentário: começo a perceber porque é que a OMS tem um ódio de morte ao cigarro electrónico. É que lhes está a estragar seriamente as previsões.

Será que este documetário é proibido na UE? Parece que a TPD não permite difusão transfronteiriça de documentários sobre cigarros electrónicos. Estamos na União Soviética e depois queixam-se de Brexites e que tais.

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 509
  • Vapor: 13
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: A Billion Lives – What Are Public Health Officials Afraid Of ?
« Responder #1 em: 2017.06.26 | 01:15:17 »
Mil milhões de mortos pelo tabaco é a estimativa da OMS.

E a indústria multinacional do tabaco tudo faz para não perder uma única morte, incluindo o ataque camuflado ao cigarro electrónico, a sua única ameaça em quase 300 anos de monopólio.

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 509
  • Vapor: 13
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: A Billion Lives – What Are Public Health Officials Afraid Of ?
« Responder #2 em: 2017.06.26 | 21:47:37 »
Realmente a OMS não é deste tempo. Em certas matérias parece uma congregação de fanatismo irracional.

Leiam-se apenas esta pérola em jeito de conclusão de um documento da OMS:

Taxing ENDS/ENNDS at a level that makes the devices and e-liquids unaffordable to minors in order to deter its use in this age group. In parallel, combustible tobacco products should be taxed at a higher level than ENDS/ENNDS to deter initiation and reduce regression to smoking. ENDS/[ENNDS é o cigarro electrónico, para falar mal e depressa].

Uma cabeça da Idade Média não teria elaborado texto mais irracional sob o escudo da superior missão de purificar o mundo.

Com ou sem taxas, a coisa mais simples que existe para um adolescente é experimentar tabaco e nem gastam um cêntimo com isso, arranjam sempre quem lhes dê o cigarrinho.

Com ou sem taxas, nenhum adolescente vai juntar dinheiro para comprar e experimentar um cigarro electrónico, para mais tendo a opção grátis do cigarro "combustível".  Por mais caro que seja o tabaco, o que afecta sobretudo os pobres, para o adolescente iniciante o custo é sempre zero.

Faz-me lembrar uma namorada que quando não tinha tabaco fazia a Av. Liberdade com duas amigas dos Restauradores à Rotunda a cravarem e arranjavam tabaco para uma semana. Chegava até para mim  O:-).
« Última modificação: 2017.06.26 | 22:42:30 por kasparovitscsh »

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 509
  • Vapor: 13
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: A Billion Lives – What Are Public Health Officials Afraid Of ?
« Responder #3 em: 2017.06.26 | 22:37:56 »

O discurso político destina-se a tornar as mentiras credíveis, a tornar a morte respeitável e a dar uma aparência de solidariedade a uma simples corrente de ar. George Orwell (1903-1950). [tradução de uma versão francesa desta frase que pese embora não ser totalmente fidedigna não lhe deturpa a mensagem e está mais deliciosa literariamente]
« Última modificação: 2017.06.28 | 02:10:51 por kasparovitscsh »