2019.09.20 | 11:35:36

Autor Tópico: China proibe todas as exportações de produtos relacionados com Vaping!!  (Lida 2002 vezes)

NunoFerreira

  • Vaper
  • ***
  • Mensagens: 242
  • Vapor: 5
Bem, não sei se é verdade, mas o dia 1 de Abril é só amanhã e pelos vistos está a ser noticiado em vários media...aqui fica a notícia do New Youk Times onde se pode ler q foram apreendidos 500.000 mil produtos de Vaping!

http://timesnewyork.com/e-cig-exports-banned-in-china


Penso que será um piada de 1 de Abril, mas n acho assim tanta piada :P

« Última modificação: 2016.03.31 | 20:12:55 por NunoFerreira »



Dat55

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 646
  • Vapor: 8
  • Vape ON!
Isso não é o new york times. :P
Este é: http://www.nytimes.com/
« Última modificação: 2016.03.31 | 20:23:25 por Dat55 »




jpargana

  • Vaper
  • ***
  • Mensagens: 101
  • Vapor: 13
A ser verdadeira a notícia, não deixa de ser para rir:

"“These electronic cigarettes are a serious safety hazard and they threaten our economic safety by hurting legitimate tobacco companies who invest enormous time and effort into development and protection of their brands”

Ora bem: se são um "perigo sério de segurança" ou não, não sei. A verdade é que já comprei alguns clones *melhores* do que os originais. A China tanto faz muito bom como muito mau; depende de *quanto* está disposto a pagar o cliente que faz a encomenda. Mas mesmo que seja "um perigo", a culpa é *deles* próprios, não? Não foram eles que fabricaram?

Mas claro, logo depois do "perigo de segurança" mencionado só de passagem, lá vem então o VERDADEIRO motivo: lá, tal como cá, o e-cig está a "dar na pá" a todas as tabaqueiras "legítimas", que evidentemente, só produzem artigos devidamente regulados, e *sobretudo*, "seguros".  :facepalm:

A verdade, é que eles *sempre* protegeram imenso as receitas e impostos de tabaco: há uns anos atrás li uma notícia acerca de pessoas que foram multadas (e multas pesadas) só porque tinham consigo tabaco mais barato, comprado numa província vizinha. Naquelas cabeças, isso é quase equiparado a contrabando - não que o tabaco dos vizinhos seja menos seguro, mas os impostozinhos ficaram "lá", e não "cá" como deveria ser.   >:(
« Última modificação: 2016.03.31 | 20:45:50 por jpargana »
Ajude-nos a salvar o vaporizador na Europa. Assine a Iniciativa do Cidadão em www.efvi.eu


danielpt

  • Vaper Iniciante
  • **
  • Mensagens: 65
  • Vapor: 1
obvio, os chineses muito preocupados com a nossa saude vão deixar de vender...
HEHEHE
TA BOA :D

bafamed

  • Interessado
  • *
  • Mensagens: 27
  • Vapor: 1
vou comentar, mas a respeito de produtos da china, e não particularmente as pen's vaporizadoras que se vendem no ebay e aliexpress.
Mas eu compro muitas coisas directamente da china, pelo ebay e aliexpress, pelos motivos já referidos por alguns membros aqui no forum: Menos impostos, preços mais agradáveis.

Mas especialmente para não me sentir ROUBADO.

A MAIORIA de produtos que compramos nas lojas são todos "made in China" especialmente coisas que existem na fnac, worten e outras. Por exemplo já vi drones telecomandados que a worten vende a 200 euros! E esses mesmos drones (iguaizinhos, e eu vi as características técnicas na caixa, tempo de duração de voo, voo até 50 metros de altura etc) mas no ebay custam 50 euros.
As lojas inflacionam os preços dos produtos Às vezes para o triplo ou quadrúplo, para terem lucro.

Já comprei uma vez um leitor mp3 na worten por 14 euros e aquela porcaria avariou após umas semanas. Sei que está na garantia e fui trocar. Mas reparem comprei um mp3 igualzinho na loja dos chineses por 5 euros irrisórios,  e dura há um ano sem avariar.

Quando compro coisas no ebay e aliexpress, os portes são GRÁTIS, não me importo de esperar 15 ou 30 dias, mas é grátis :)
Ao passo que se comprarmos alguma coisa numa loja online Portuguesa, os portes ficam entre 7 a 10 euros. E provavelmente vem da China e é "made in China", na mesma.


Outra coisa: o nosso governo espeta IMPOSTOS em tudo, para nos roubar, creio que já colocaram impostos nos cd's virgens , pen's usb e discos externos, por causa dos direitos de cópia e autores.

Se comprarmos pen's e cd's no ebay, já não têm esse imposto

Sarapitolas

  • Vaper Assumido
  • ****
  • Mensagens: 295
  • Vapor: 4
  • Vape ON!
Os chineses são um bilião. Impossível combater com eles, seja no que for!
Eu percebo a tua revolta.



bafamed

  • Interessado
  • *
  • Mensagens: 27
  • Vapor: 1
Eles são quase 2 biliões :)

Em artigos sobre empreendedorismo, empresas e negócios, geralmente diz-se que os chineses são os melhores imitadores do mundo. Sempre que surge um novo produto ou gadget, eles fabricam uma cópia igualzinha mas a preço mais reduzido (porque a mão de obra ali é baratinha).

Mas grandes empresários sabem disso e fabricam tudo na china, há empresas americanas a vender produtos a 50 ou 70 dólares, mas foram feitos na china.
No próprio programa «shark tank» muito famoso, os milionários perguntavam logo aos concorrentes "qual o custo de fabrico disso? 8 dólares? Eu consigo fabricar por 3 dólares a peça mando fabricar na china, tenho fabricantes lá".

etc

Mcruin

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 1572
  • Vapor: 25
Portugal foi a China da Europa desde 1986 até 2004 (que foi quando a mercadoria vinda da China passou a usufruir de taxas alfandegárias reduzidas).
Tal como aconteceu em Portugal, o baixo custo da mão de obra na China levou a uma taxa de desemprego muito baixa que leva a uma subida dos salários. Se há 15 anos um salário de operário na China era de 80€ hoje já anda na casa dos 300€.
A lei da oferta e da procura obriga o mercado a auto-justar-se e a equilibrar-se. Só é pena que o processo seja tão lento

Enviado do meu Nexus 5 através de Tapatalk


bafamed

  • Interessado
  • *
  • Mensagens: 27
  • Vapor: 1
já li algumas vezes notícias a dizer que em breve os chineses vão ganhar mais e os produtos ficam mais caros (o seu fabrico), e que vamos deixar de achar tão atractivo comprar coisas da china, e a próxima "china" será a índia.. Na Índia abrem cada vez mais call-centers de atendimento a clientes e cada vez mais fábricas de gadgets.

será verdade?..