2020.01.23 | 04:52:06

Autor Tópico: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS  (Lida 735 vezes)

pedro45

  • Vaper Assumido
  • ****
  • Mensagens: 462
  • Vapor: 10

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 538
  • Vapor: 14
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #1 em: 2019.12.05 | 19:57:35 »
O comunicado da DGS é um perfeito atentado à inteligência humana!

Lê-se no comunicado OFICIAL:

"Embora a investigação destes casos não esteja ainda concluída, o acetato de vitamina E, o canabidiol e outros derivados de canábis e o diacetil parecem ser substâncias associadas a estas lesões pulmonares."

Não sei onde foram buscar o diacetil (o controverso estudo publicado num jornal populista japonês e de que bem se conhece as limitações?), as outras substâncias são mencionadas como fazendo parte do uso banal do cigarro electrónico!

Não se dão ao trabalho de mencionar que o acetato de vitamina E, o principal culpado até ao momento, é uma substância ilícita nos líquidos e é usada em adulterações. Até o canabidiol não passa de uma substância associada em grande medida às adulterações com o acetato!

Como é que uma entidade pública chamada "Direcção-Geral de SAÚDE", que nunca se deu ao trabalho de assumir uma posição pública sobre o cigarro electrónico, como a congénere Public Health England, vem juntar-se à desinformação já tão bem conhecida através de jornais populistas com "redactores" (é o que lhes chamam) que nem escrever sabem.

É a mesma coisa que desaconselhar o consumo de vinho, que não seria descabido, mas com o estúpido argumento de que há mortes associadas ao metanol, sem explicar que isso ocorre com o "vinho a martelo".

CAMBADA DE BESTAS A QUEM A SAÚDE PÚBLICA ESTÁ ENTREGUE E SÃO SUSTENTADOS PELOS CONTRIBUINTES FARTOS DE PAGAR PARA SEREM DESINFORMADOS!  AINDA POR CIMA ANDAM COM O CU A TREMER COM MEDO DAS FAKE NEWS!
« Última modificação: 2019.12.05 | 19:59:31 por kasparovitscsh »

pmos69

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 3453
  • Vapor: 47
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #2 em: 2019.12.06 | 12:42:37 »
O lobby anti vapor aproveitou com toda a vontade a oportunidade que os efeitos do THC, vitamina E, etc. relacionados com o consumo de canabinoides na vaporização lhes ofereceu.
Caiu-lhes do céu.
Que se danem os utilizadores que apenas vaporizam para não fumar. obviamente.

Desde que me lembro que é sabido que os oleos (essenciais ou outros) devem ser evitados na composição de líquidos para vaporização, para evitar problemas como pneumonia lipóide, por exemplo.

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 538
  • Vapor: 14
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #3 em: 2019.12.06 | 21:30:58 »
Caiu-lhes mesmo do céu. A meia dúzia de gatos pingados que se metem no THC da candonga.

Já todos percebemos que perdemos a guerra e bastou retórica barata.

A frase-chave, a pérola, desta gentalha é o "os novos produtos do tabaco não são seguros e apresentam riscos para a saúde". Autor: DGS! ou será PIDE-DGS?

Neste mundo o que é que é seguro e isento de riscos para a saúde? O tabaco? O álcool? O presunto? A manteiga? Os ovos?

pmos69

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 3453
  • Vapor: 47
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #4 em: 2019.12.06 | 21:35:25 »
« Última modificação: 2019.12.06 | 21:45:20 por pmos69 »

pmos69

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 3453
  • Vapor: 47

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 538
  • Vapor: 14
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #6 em: 2019.12.16 | 21:30:11 »
Depois de dar uma vista de olhos no twitter proposto, sobressai a seguinte afirmação da (imagine-se) American Medical Association:

"Teens and young adults are most attracted to e-cig flavors, and are at higher risk of seeing addiction’s impact on their ability to learn, concentrate or control their impulses.

Brilhante! Agora a luta contra o cigarro electrónico já vai em tal desespero que o problema já não é o cancro do pulmão nem as doenças cardiovasculares.

É algo sem o mais ínfimo suporte científico: prejudica a capacidade de aprendizagem, de concentração e de controlo dos impulsos.

Não sou defensor do tabaco, antes pelo contrário, mas não vale tudo, muito menos ataques à inteligência.

Quantos prémios Nobel houve em que os laureados eram fumadores? E muitos deles eram fumadores duros de tabaco a sério no tempo em que nem filtros havia. Coitadinhos. Tinham dificuldades de aprendizagem, de concentração e de controlo dos impulsos... Grande American Medical Association.

Só para finalizar a capacidade de aprendizagem, de concentração e de controlo dos impulsos da American Medical Association é de tal ordem que nem sequer estão a falar de nicotina, mas apenas de aromas (flavors), substância (segundo eles) altamente viciante com efeitos descritos acima.

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 538
  • Vapor: 14
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #7 em: 2019.12.17 | 19:30:10 »
Só um aparte, eventualmente chocante:

Mais uma morte por monóxido de carbono. Desta vez foi em Ovar uma mulher de 30 anos que deixa uma filha orfã. Mais uma trágica história de intoxicação pelo CO.

Que fazem as nossas autoridades?

Tão frenéticos com o ataque ao vaping por perderem fumadores tomam medidas draconianas com o simplório argumento de que pode fazer mal e não se sabe, para não falar das mentiras.

No caso de perigos reais como a intoxicação pelo CO não perdem 1 minuto de sono. Devem achar que é um problema individual. Já a perda de fumadores é um problema colectivo. Muito colectivo pelos vistos.

Lamento profundamente a perda de mais uma vítima e o desinteresse das autoridades em prevenir a próxima porque isso não dá dinheiro.


kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 538
  • Vapor: 14
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #8 em: 2020.01.12 | 11:57:24 »
O New England Journal of Medicine, uma das referências médicas de maior prestígio a nível mundial com informação em primeira mão, finalmente publicou um artigo, de acesso livre, onde conclui que o acetato de vitamina E é fortemente suspeito de ser a causa da epidemia de lesão pulmonar associada ao vaping.

O acetato de vitamina E está presente em produtos de THC para vaping provenientes do mercado negro e é um produto proibido em líquidos para vaporizar.

Além deste, o único produto que encontraram no lavado alveolar de um doente, foi o limoneno, embora considerem que não é provável que esta tenha sido a causa.

São as conclusões do estudo exaustivo de 51 doentes e 99 pessoas saudáveis. De acordo com as conclusões, a prova final e definitiva será obtida com estudos em animais.

Esta é a conclusão científica do mais elevado nível e sujeita ao forte escrutínio das mais altas autoridades científicas a nível mundial.

Em parte nenhuma do artigo é mencionado o canabidiol, seus derivados ou o diacetil como possíveis agentes da lesão pulmonar aguda, abusivamente mencionados pela DIRECÇÃO-GERAL DE SAÚDE, sem qualquer suporte científico e com o único propósito de desinformar e criar o pânico.

Convida-se a DIRECÇÃO-GERAL DE SAÚDE a ter a humildade de consultar as mais elevadas fontes científicas e informar o público com o mais elevado rigor e honestidade de acordo com os mais elementares princípios do código deontológico da profissão médica.

A única conclusão que se pode tirar com fundamento científico é que para prevenir a lesão pulmonar aguda associada ao vaping os utilizadores de THC vaporizado devem abster-se do abastecimento no mercado negro, onde correm o risco de obter produtos adulterados susceptíveis de causar lesão pulmonar aguda. A doença não afecta os utilizadores de líquidos com e sem nicotina, com possível remota excepção dos poucos produtos contendo limoneno e que podem ser erradicados, por precaução, sem qualquer prejuízo.

AQUI FICA A INFORMAÇÃO CIENTIFICAMENTE VERDADEIRA E DESAFIA-SE A DIRECÇÃO-GERAL DE SAÚDE A DESMENTI-LA OU A ASSUMIR-SE DEFINITIVAMENTE COMO DESINFORMADOR DISSIMULADO DAS POPULAÇÕES AO ARREPIO DA DEONTOLOGIA MÉDICA.

SOLICITA-SE A MAIS EXTENSA DIVULGAÇÃO DO PRESENTE ESTUDO DO NEW ENGLAND JOURNAL OF MEDICINE EM PARALELO COM A MASSIVA (E JUSTIFICADA) COBERTURA JORNALÍSTICA QUE MERECEU A LESÃO PULMONAR AGUDA ASSOCIADA AO VAPING OCORRIDA NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA.

FONTE (Consulta livre):

Vitamin E Acetate in Bronchoalveolar-Lavage Fluid Associated with EVALI. Blount e outros em nome da Lung Injury Response Laboratory Working Group. New England Journal of Medicine. Publicado em NEJM.org. 20/12/2019.

Link:

https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa1916433

pedro45

  • Vaper Assumido
  • ****
  • Mensagens: 462
  • Vapor: 10
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #9 em: 2020.01.12 | 16:53:00 »
Esperar que um parasita não fale pela voz do dono é como esperar que uma macieira dê morangos :(

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 538
  • Vapor: 14
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #10 em: 2020.01.12 | 23:14:35 »
A TIME já cumpriu a sua missão de informar com rigor e verdade, que é para isso que os assinantes pagam, logo no dia 20 de Dezembro, quando saiu o artigo no NEJM:

https://time.com/5753947/vaping-lung-disease-outbreak-peak/

A propósito, deve sair caro pra caraças pôr os jornalistas da TIME a escrever bacuradas convenientes à indústria tabaqueira e seus pajens (cobradores de impostos), pois é das poucas referências jornalísticas que, a nível do vaping, nunca entrou nas infundadas notícias catastrofistas nem nas notícias com apelo à ciência de meia tigela. Seria um bom exemplo de dignidade profissional para a DGS.

kasparovitscsh

  • Vaper Veterano
  • *****
  • Mensagens: 538
  • Vapor: 14
  • Tenho saudades é do alcatrão.
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #11 em: 2020.01.19 | 01:20:12 »
FINALMENTE

O CDC assume que o EVALI (e-cigarette, or vaping, product use–associated lung injury, belo nome) atinge os utilizadores de cigarros electrónicos COM THC ADQUIRIDO NO MERCADO NEGRO e não os utilizadores de cigarros electrónicos COM NICOTINA!

"CDC DROPS its warning against vaping nicotine for adults as officials say it's blackmarket THC e-cigarettes that are 'driving' the outbreak of almost 3,000 lung illnesses" nas gordas no Daily Mail.

https://www.dailymail.co.uk/health/article-7900803/CDC-drops-warning-against-vaping-nicotine-adults.html

Depois de terem feito a merda toda vêm agora limpá-la. O problema é que a merda que largaram é muito pegajosa e aquilo é boa gente para cagar mas não para esfregar.

pedro45

  • Vaper Assumido
  • ****
  • Mensagens: 462
  • Vapor: 10
Re: Novos produtos do tabaco: equívocos da DGS
« Responder #12 em: 2020.01.19 | 18:29:35 »
É um (permitam-me a analogia) "velho truque" muito utilizado em política: Espalhas que um qualquer imposto  vai aumentar 10%, todos "gritam" depois o imposto "só" aumenta 5% e ficam todos contentes...