2019.10.20 | 05:28:23

Autor Tópico: BIBLIA DO VAPING ptVapers - Parte 3: O e-Líquido  (Lida 36115 vezes)

black_arrow

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 2252
  • Vapor: 28
  • Istick50-Cloupor Mini-Provari-Delta II-Subtank
    • BIBLIA DO VAPING ptVapers
BIBLIA DO VAPING ptVapers - Parte 3: O e-Líquido
« em: 2011.08.05 | 00:22:59 »
BIBLIA DO VAPING  ptVapers
Parte 3: O e-líquido
(Traduzido e adaptado de "The Wonderful World of Vaping: Version 2" por black_arrow)

Tão importante como o cigarro electrónico em si, é o e-líquido que lá colocamos. Os diferentes e-líquidos são comparáveis às diferentes qualidade de tabaco nos cigarros analógicos. Em relação ao e-líquido vamos analisar:

A. Níveis de nicotina
B. Sabores
C. Fabricantes / Vendedores
D. PG versus VG

A. NÍVEIS DE NICOTINA

1. Sem nicotina = 0 mg

Alguns vapers usam apenas este nível. Outros, utilizam e-líquidos sem nicotina nos intervalos das vaporizações com nicotina (em certos períodos do dia, quando se sentem satisfeitos com o nível de nicotina já inalado ou como modo de vaping mais "relax"). A maioria dos vapers que vaporizam sem nicotina, preferem e-líquido com sabores não tabaco: frutados/doces.



2. Baixo = 6-8 mg


Normalmente, para aqueles que fumavam 1-5 cigarros por dia, os chamados "fumadores sociais".



3. Médio = 11-12 mg


Normalmente, para quem fumava entre 15 cigarros a 1 maço/dia, ou então, tabaco light.


4. Alto = 16-18 mg

Provavelmente, o nível certo para um fumador regular (maço a maço e meio/dia).


5. Extra - Alto = 24-26 mg

Provavelmente, o nível para um fumador pesado (2 maços por dia e/ou fumador de tabaco sem filtro). No entanto, 18 mg podem funcionar na mesma, especialmente se vaporizas muito também.

6. Ultra - Alto = 36 mg

Este nível de nicotina é mais usado para diluir com PG ou VG sem nicotina, poupando assim algum dinheiro. Há no entanto, alguns que o vaporizam sem diluição, o que não recomendo.


7. Não classificado = 48-60 mg ou mais

Apenas para diluir. Corres o risco de te envenenar se vaporizas a este nível.


NOTA: Alguns fabricantes e vendedores de e-liquido saem, por vezes, fora desta escala (exemplo: alguns classificam 11-12 mg como nível baixo, outros possuem 14 mg como nível médio, etc).
« Última modificação: 2011.08.12 | 19:41:35 por black_arrow »

black_arrow

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 2252
  • Vapor: 28
  • Istick50-Cloupor Mini-Provari-Delta II-Subtank
    • BIBLIA DO VAPING ptVapers
Re: BIBLIA DO VAPING ptVapers - Parte 3: O e-Líquido
« Responder #1 em: 2011.08.05 | 00:23:48 »
BIBLIA DO VAPING  ptVapers
Parte 3: O e-líquido
(Traduzido e adaptado de "The Wonderful World of Vaping: Version 2" por black_arrow)

Tão importante como o cigarro electrónico em si, é o e-líquido que lá colocamos. Os diferentes e-líquidos são comparáveis às diferentes qualidade de tabaco nos cigarros analógicos. Em relação ao e-líquido vamos analisar:

A. Níveis de nicotina
B. Sabores
C. Fabricantes / Vendedores
D. PG versus VG

B. SABORES
1. SABORES A TABACO

Não esperem que um e-líquido tenha o mesmo sabor e aroma que um cigarro analógico (a grande maioria de nós acha que sabe e cheira muito melhor), mesmo que o sabor do e-líquido tenha o mesmo nome de uma marca de tabaco.


Muitas vezes, os nomes são, deliberadamente, mal soletrados ou distorcidos, para evitar problemas de direitos protegidos pela marca. Consegues adivinhar a que marca de cigarros estas imagens aludem?


Na maioria das vezes, este e-líquido é chamado de USA-Mix (o mais popular- não confundir com USA-Made), Cowboy ou Western.

Outros e-líquidos com sabor a tabaco são: Virginia, Flue-Cured, Cuban Cigar, French Pipe, Turkish Blend... ou simplesmente "Tobacco".


Além dos sabores "básicos" a tabaco, também existem sabores a tabaco mais "complexos", os quais foram "melhorados" com adição de outros aromas, por exemplo: Menthol, 555 (frutos secos), Hilton (ligeiro doce, especiarias moderadas), DK-TAB (especiarias mais intensas), RY4 (doce com notas de caramelo e baunilha).


Citando o Don DaBoom Vape:

Citar
Gosto de começar as minhas sessões de vaping com um sabor básico de tabaco, continuar com um sabor mais complexo e intenso como o 555 ou DK-TAB, e finalizar com um sabor doce como o RY4.

Assim, há vapers que encontram 1 ou 2 sabores que lhes agradam e se cingem a eles. Outros há, que gostam de variar e usar e-líquidos diferentes em diferentes alturas e ocasiões.


CURIOSIDADES

RY significa Ruyan, o criador do RY4 (e primeiro fabricante de e-cigs).
No DK-TAB, DK significa Dekang (nome do fabricante de e-líquido) e TAB significa Turkish American Blend.

2. SABORES NÃO TABACO

Existem e-líquidos com sabores não tabaco, de quase tudo o que consigas imaginar:

  • Bebidas e Licores: coca-cola, chá verde, cappucino, whiskey, rum, lambrusco, champanhe, piña colada, bebidas tropicais, café, red bull...


  • Doces e Sobremesas: chocolate, menta, caramelo, cheesecake, gelado de baunilha, algodão doce, pastilha elástica, manteiga de amendoim...


  • Frutas: banana, uva, laranja, maçã, pêssego, morango, cereja, melão, melancia...


  • Frutos secos: amêndoa, avelã, coco...


  • Especiarias e Florais: rosa, jasmim, canela, gengibre...




  • Raros: galinha Kung Pao, dragon fruit (fruto exótico proveniente de um cacto), bacon com torradas...Até existe um líquido e-Cialis  ;D (para quem não sabe, é um medicamento usado na impotência masculina).


NOTA: É dito que o homem prefere sabores a tabaco enquanto a mulher possui "dente doce", preferindo sabores doces e frutados. Será verdade??

« Última modificação: 2011.08.12 | 19:41:03 por black_arrow »

black_arrow

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 2252
  • Vapor: 28
  • Istick50-Cloupor Mini-Provari-Delta II-Subtank
    • BIBLIA DO VAPING ptVapers
Re: BIBLIA DO VAPING ptVapers - Parte 3: O e-Líquido
« Responder #2 em: 2011.08.05 | 00:25:27 »
BIBLIA DO VAPING  ptVapers
Parte 3: O e-líquido
(Traduzido e adaptado de "The Wonderful World of Vaping: Version 2" por black_arrow)

Tão importante como o cigarro electrónico em si, é o e-líquido que lá colocamos. Os diferentes e-líquidos são comparáveis às diferentes qualidade de tabaco nos cigarros analógicos. Em relação ao e-líquido vamos analisar:

A. Níveis de nicotina
B. Sabores
C. Fabricantes / Vendedores
D. PG versus VG

C. FABRICANTES / VENDEDORES


1. CHINA


Antes de 2010, virtualmente, todo o e-líquido era fabricado na China por poucas companhias  - principalmente a DeKang Biotechnology, sendo depois vendido por fornecedores chineses ou exportado para o ocidente. A myfreedomsmokes possuía uma das maiores selecções de e-líquido produzido na China.


Os fabricantes chineses criaram coisas impressionantes! Por exemplo, como é que conseguem extrair 2 aromas a tabaco diferentes e subtis, e quantidades controladas de nicotina, das folhas de tabaco? É muito difícil que algum amante de DIY ("Do It Yourself" - fabrico caseiro de e-líquido) consiga replicar isto! E quais são os ingredientes do RY4 (ou RY1, 2, ou 3...)?
Agora, um e-líquido 0 mg de morango, por exemplo, todos nós conseguimos criar!


2. USA / Europa

A maioria do e-líquido produzido no ocidente (América do Norte e Europa) era, simplesmente, composto por aromas "LorAnn Oils" misturados com bases de PG ou VG (e nicotina produzida na China) e vendidos a preços muito inflaccionados.


Os melhores deste grupo de fabricantes combinavam mais do que um aroma "LorAnn Oils" (e outros aromas secretos) para criar e-líquidos únicos e/ou saborosos, como por exemplo a Nhaler (mencionada anteriormente, com o seu "lung juice"), a Ms. T’s Bakery e os e-líquidos do Walrus’s Mad Scientist’s Laboratory, vendidos pela liquidxpress.


Muito poucos, como por ex: Intellicig (ECOPure) e Decadent Vapours, começaram do zero e criaram algo verdadeiramente especial, incapaz de ser reproduzido em DIY, com as limitações de material (e talento) que existem. Nestes casos, há sempre quem defenda que, realmente, merecem os preços mais altos que são cobrados. A Decadent Vapours (UK) foi muito elogiada, por ter criado/distribuído alguns dos e-líquidos mais esotéricos do mercado (ex: absinto, ylang ylang, roast beef...). Estes e-líquidos são agora vendidos nos 2 continentes pela Totally Wicked (USA, UK, ES). Recentemente, também a Liberty Flights começou a comercializar estes líquidos.


Em 2010, foi o ano da explosão de e-líquido fabricado nos USA, por muitos mixers independentes, vendidos, por vezes, a preços razoáveis. A maioria deles são muito elogiados e possuem e-líquidos "deliciosos". Entre alguns destes novos criadores de e-líquido estão: Alien Visions, Backwoods Brew, Cignot, FreedomSmokeUSA, Gourmet Vapor, Halo, Tasty Vapor, Vapor Bomb, VapeRite, Vapor Station, Viking Vapor, etc.

3. Portugal / Espanha

Este ano tem sido o ano que está a deixar muitos vapers portugueses felizes!!! Começámos a ter mais facilidade em adquirir e-líquido de qualidade: dos "nuestros hermanos" - Espanha (a grande maioria funciona como revendedor mas também já há alguns casos de produção própria), e também neste pequeno país à beira mar plantado - o nosso Portugal.

Destaco aqui algumas lojas espanholas que são presença assídua no fórum:
- Solovapor: líquidos Inawera e líquidos Fiesta
- Vaporis: líquidos Dekang
- Vap-Spain: líquidos Dekang
- Vapor...a saco!: líquidos Dekang, Hangsen e Inawera
- Spain Cigar: líquidos Dekang e Liqua
- The E-Liquid Factory: líquidos de produção própria
- Yo Vapeo: líquidos da E-Liquid Factory, Dekang, Hangsen e YoVapeo
- easyVap: líquidos Dekang e líquidos Joye
- vaperdreams: líquidos Dekang, Janty, BestEcig e Cigar Clean
- FumarMenos: líquidos Dekang

Em Portugal, apesar de termos um número menor de vendedores/fabricantes, também já temos escolhas de elevada qualidade. Também podem encontrar todas estas lojas na secção de Anúncios do fórum:
- BestLiquidPT: líquido made in Portugal
- 2Smok: líquidos Dekang, 2smok e distribuidor recente dos líquidos premium Halo e, brevemente, Bloog
- Elcigarrete: líquido made in Portugal
- VDR Vapores: líquidos Dekang
- Via Vapor: líquidos Deca
- cigarrosemfumo: líquidos sem marca referida
- Trilho de Essências: site em construção

Além do e-líquido, a maioria das lojas também vende devices e acessórios, e muitas delas possuem códigos de desconto e ofertas especiais para os membros do fórum.
« Última modificação: 2011.08.12 | 19:40:41 por black_arrow »

black_arrow

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 2252
  • Vapor: 28
  • Istick50-Cloupor Mini-Provari-Delta II-Subtank
    • BIBLIA DO VAPING ptVapers
Re: BIBLIA DO VAPING ptVapers - Parte 3: O e-Líquido
« Responder #3 em: 2011.08.13 | 18:40:01 »
BIBLIA DO VAPING  ptVapers
Parte 3: O e-líquido
(Traduzido e adaptado de "The Wonderful World of Vaping: Version 2" por black_arrow)

Tão importante como o cigarro electrónico em si, é o e-líquido que lá colocamos. Os diferentes e-líquidos são comparáveis às diferentes qualidade de tabaco nos cigarros analógicos. Em relação ao e-líquido vamos analisar:

A. Níveis de nicotina
B. Sabores
C. Fabricantes / Vendedores
D. PG versus VG

D. PG versus VG

A nicotina e os aromas são os componentes que nos fazem "delirar"  ;D, mas aquilo que é vaporizado (transportando a nicotina e os aromas) é o líquido base. Na maioria dos casos, este líquido base é o PG.


Algumas pessoas podem ser alérgicas ao PG, se o forem vão notar depressa e, habitualmente, não será nada de sério. Os sintomas variam, mas podem incluir: garganta seca e inflamada, dores musculares ou cãibras, diarreia, suores nocturnos, e comichões (normalmente estes sintomas não aparecem todos ao mesmo tempo nem todos na mesma pessoa). Se experienciares algum destes sintomas:

* Vai ao teu médico, se for algo mais do que um ligeiro desconforto e/ou persistem por vários dias.
* Consulta o tópico: Lista de sintomas: abstinência do tabaco e a mudança para um E-Cig. Existem muitos sintomas "interessantes" que muitas vezes estão associados ao próprio acto de deixar de fumar, nada tendo a ver com o PG.
* Experimenta líquidos 100% VG ou ECOPure (nome de marca de líquidos que consistem numa mistura de VG, ethyl maltol e nicotina, sem nenhum PG, considerados, supostamente, muito puros).


Mesmo que não sejas alérgico ao PG, podes preferir VG. O consenso é que o PG é responsável por maior "sabor" e maior "throat hit", mas o VG gera "mais vapor" (aqui também há quem defenda que ao gerar mais vapor, dará maior "throat hit"). A maioria dos vapers prefere uma mistura dos 2, em percentagens PG/VG que variam muito com o gosto pessoal: 70/30, 80/20, 60/40, 50/50.
É também sabido que o VG é mais viscoso que o PG. Isto permite adaptar-nos a várias situações: se quisermos um e-líquido mais fluído (por ex: no sistema tank) podemos escolher líquidos 100% PG ou com uma menor percentagem de VG; se quisermos líquidos mais viscosos (ex: atomizadores que "babam" muito) podemos escolher líquidos com uma maior % de VG.

Os e-líquidos VG não são tão prevalentes como os de PG, mas, cada vez mais, vão aparecendo no mercado. E cada vez mais, vão aparecendo fornecedores que nos permitem escolher a % PG/VG desejada.
« Última modificação: 2011.08.13 | 18:45:52 por black_arrow »

black_arrow

  • Moderador Global
  • Máquina de Vapor
  • *****
  • Mensagens: 2252
  • Vapor: 28
  • Istick50-Cloupor Mini-Provari-Delta II-Subtank
    • BIBLIA DO VAPING ptVapers
Re: BIBLIA DO VAPING ptVapers - Parte 3: O e-Líquido
« Responder #4 em: 2011.08.13 | 18:40:55 »
EM UPDATE